NÃO CONSEGUE ASSISTIR O VÍDEO - COMUNIQUE EM COMERCIALAPLICA@GMAIL.COM

AMO FAZER COMPRAS EM BRECHÓ!!!

PROJETO ÁFRICA

PROJETO ÁFRICA
PLANOS DE AULA

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Resenha do Filme : " A Vida é Bela"

A Vida é Bela from Tudo por Jesus on Vimeo.
>

Ficha técnica do filme A vida é bela:

Direção: Roberto Benigni
Produção: Gianluigi Braschi / Elda Ferri
Coprodução: 
Mario Cotone
Agnès Mentre
John Rogers
Roteiro: Vincenzo Cerami
Roberto Benigni

Elenco: 
Roberto Benigni - Guido Orefice
Nicoletta Braschi - Dora
Giorgio Cantarini - Giosué Orefice
Giustino Durano - Eliseo Orefice
Sergio Bini Bustric - Ferruccio Papini
Marisa Paredes - Mãe da Dora
Horst Buchholz - Doutor Lessing
Lidia Alfonsi - Guicciardini
Giuliana Lojodice
Amerigo Fontani - Rodolfo
Pietro De Silva - Bartolomeo
Francesco Guzzo - Vittorino
Raffaella Lebboroni - Elena
Claudio Alfonsi
Gil Baroni
Massimo Bianchi
Jürgen Bohn
Verena Buratti
Robert Camero
Ennio Consalvi
Giancarlo Cosentino
Aaron Craig - Soldado do tanque
Alfiero Falomi - Rei
Daniela Fedke
Antonio Fommei
Stefano Frangipani
Ernst Frowein Holger
Alessandra Grassi - Professora
Hannes Hellmann
Wolfgang Hillinger
Margarita Lucia Krauss - Soldado feminina do jantas das crianças
Patrizia Lazzarini
Maria Letizia
Concetta Lombardo - Gigliola
Maria Rita Macellari - Rainha
Carlotta Mangione - Eleonora
Franco Mescolini - Inspetor da escola
Francesca Messinese - Mulher da ópera
Inger Lise Middelthon
Andrea Nardi
Günther Pfanzelter - Soldado alemão

Apresentação


O filme “A Vida é Bela“ são dois filmes em um e conta a história do judeu Guido que se muda do campo para a cidade nos anos 30 onde se apaixona por uma professora chamada Dora depois de cinco anos eles estão casados e tem um filho chamado Josué Guido junto da sua família e seu tio eles são capturados e levados para um campo de concentração e Guido para amenizar o sofrimento do filho faz com que Giosué acredite que aquilo tudo não passa de uma grande brincadeira no qual se acumulam pontos e quem conseguisse mais pontos ganharia o tanque de guerra.

Enredo

A primeira parte do filme se passa na Itália, no ano de 1939, antes da guerra explodir e a perseguição aos judeus por Hitler, iniciar. A história inicia com a paixão do espirituoso judeu Guido pela italiana Dora, após vários encontros entre os dois. Guido, muito brincalhão sempre nos envolvendo com suas piadas quando se mete em situações muito constrangedoras e consegue sair delas de maneira brilhante, conquistando a simpatia de todos os que o assistem.

A segunda parte a história continua na Itália e durante a segunda grande guerra, o judeu Benigni, juntamente com seu filho Giosué ( interpretado por Giorgio Cantarini) já estão sendo levados para o campo de concentração nazista. Cena triste a qualquer um, porém com o toque irônico e divertido que Benigni dá ao personagem que faz de tudo para que seu filho tenha a visão diferente da realidade vivenciada naquele momento para os que consciência tinham. Inventando histórias, fazendo de tudo, uma fantasia para seu filho, Benigni protege-o de todo o mal que ronda no momento da guerra. Em todas as cenas podemos perceber dois sentidos: realidade e fantasia. O real e o inventado por Guido.

Em mais detalhes, o judeu Guido propõe um jogo ao seu filho Giosué, onde quem marcasse 1000 pontos, levaria um tanque de verdade para casa. O personagem, apaixonado pela vida, cria um ambiente de flores onde só tem guerra, para proteger seu filho.

A realidade era que Guido estava vivenciando momentos de horror dessa guerra e era obrigado a servir trabalhos forçados e nas cenas violentas que eram obrigados a assistir, Guido fala para Giosué que são fases do jogo ao qual eles estavam passando e quase ganhando. Na certeza de que a morte viria para ambos, o ator principal tenta não deixar que seu filho se aterrorize com o que era pra ele o destino certo. Nesse tempo, Dora fica sabendo que tanto seu marido como seu filho, estão no campo de concentração e resolve se entregar para ficar ao lado de ambos.

É retratado neste filme, as condições desumanas em que os judeus eram submetidos e Benigni, através de seu personagem soube como esconder muito bem esse sofrimento e dor de uma criança de 5 anos, seu filho. O tempo todo este pai cria a cada nova situação, elementos do jogo. Em algum momento a criança deve se esconder ou ficar em silêncio. Não deixando marcas da crueldade em sua personalidade.

Para Guido, a batalha tinha terminado, pois não sobrevive à guerra, mas salva seu filho, que era seu principal objetivo.

O final, quando chega o exército americano para libertar prisioneiros, vem acompanhado de um tanque de guerra que surge, para a criança. O jogo foi concluído e o tanque é seu prêmio prometido


Conclusão:

Assim devemos sempre lutar para que a realidade, por mais dura que se apresente, seja encarada de forma a estarmos vencendo este que pode ser um jogo da vida. O mais importante é dar um sentido a vida, pois a vida é bela quando a damos valor.



FIM



[ 15/11/2013 - 16:44 (Protocolo: 6684446) ]

ASSISTIR O FILME


38 comentários:

  1. Muito boa sua resenha, definiu muito bem a maneira como o pai cuida do filho.

    ResponderExcluir
  2. Um belíssimo filme com um final feio. Uma pena que Benigni tenha mentido ao concluir um filme com um tanque e um soldado americano, quando os alemães fugiram dos soviéticos e da resistência italiana. O uso da película para mentir e distorcer a história em favor do Oscar comprometeu bastante a obra, do ponto de vista historiográfico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na Itália não houve presença alguma de soviéticos, foram sim os norte-americanos que libertaram a maior parte da Itália juntamente com os partigiani(resistência italiana) e a FEB em algumas regiões da Itália.

      Excluir
    2. EU NUM ENTENDI NADA DA MERDA QUE VOCê falou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir
  3. Muito bom seu relatório sobre o filme, bem detalhado e complexo... Adorei !!!
    Esse filme é um pouco parecido com o filme "O menino do Pijama Listrado"...

    ResponderExcluir
  4. Muito bom esse relatório do filme me safo de um trabalho ahhahahahahahahahah

    ResponderExcluir
  5. FILME TOP !! RECOMENDO !!

    ResponderExcluir
  6. Eu achei o filme muito bonito, mas eu não gostei nada da parte final pois o pai do menino morre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filho da puta estragou o final, agr to puto, pal no seu cu, porra man!

      Excluir
  7. Muito boa a resenha ,parabéns para quem a fez..

    ResponderExcluir
  8. Um Filme Muito Lindo Que Nos Mostra Uma Maneira Linda De Viver A Vida, Afinal A Vida É Bela

    ResponderExcluir
  9. poque o personagem guido e seu filho foram presos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta parte do filme aconteceu durante a segunda guerra mundial, onde Hitler liderava o Nazismo. Eles foram caçados por serem judeus e levados a um campo de concentração

      Excluir
  10. Foi um filme digno de oscar!
    A história contém traços subliminares de responsabilidade paterna. Que nos leva a refletir sobre o verdadeiro sentido da educação de uma criança em face a realidade do mundo.
    Realmente Guido cumpriu com tamanha perfeição seu papel de pai, que até hoje não vi algo tão "belíssimo" no sentido da educação e preservação da infância inocente de um filho.
    Foi maravilhoso e a profundamente emocionante contemplar tamanha obra artística.

    ResponderExcluir
  11. Seria bom se não contasse a história toda do filme na resenha. Faltou bom senso em ocultar as surpresas do filme.

    ResponderExcluir
  12. Seria bom se não contasse a história toda do filme na resenha. Faltou bom senso em ocultar as surpresas do filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai vc devereia procura pela sinopse do filme e não pelo resumo

      Excluir
    2. Leu pq quis ... Deveria assistir o filme então ��

      Excluir
  13. belíssimo...uma verdadeira obra prima.parabéns ao produtor!

    ResponderExcluir
  14. Este filme é uma verdadeira lição de amor a família. Tem uma trilha sonora composta por Nicola Piovani que é lindíssima e, merecidamente levou o Oscar.

    ResponderExcluir
  15. Indisculvelmente um dos melhores filmes dos ultimos tempos,nos temas polemicos, desigualdades, guerra e amor e responsabilidade. Super vale a pena rever , um classico.

    ResponderExcluir
  16. Fantastico, sempre me emociono no final,vale a pena cada lagrima.
    Super indico.

    ResponderExcluir
  17. Já Assisti 2 vezes e já li umas 5 resenhas e digo a vcs que assistirei outras vezes e lerei outras resenhas.
    Lamentável que exista estudantes corruptos, pois usar uma resenha pra fugir de sua obrigação além de corrupção é plágio e estelionato.

    ResponderExcluir

Saudações, caro(a) amigo (a)!
Gostaria muito que você deixasse o seu comentário nesta postagem!
Grata
Karen Hüsemann

Acesse o Canal do Ensino

Acesse o Canal do Ensino

Onde História Estudo Aqui Atinge?

Notícias do Café História

[1] Notícias:
 Egito Antigo: revelação de espanhóis

Uma missão de arqueólogos espanhóis e egípcios fez uma descoberta em uma tumba no sul do Egito que abre portas à reinterpretação da cronologia faraônica, pois poderia demonstrar que Amenhotep III e seu filho Amenhotep IV, conhecido como Akenaton, reinaram juntos. [Leia mais]

[2] Mural:
 Morre Stuart Hall | Arqueologia

Considerado o pai do multiculturalismo, o sociólogo jamaicano Stuart Hall faleceu hoje aos 82 anos. A notícia foi noticiada nesta segunda-feira, dia 10 de fevereiro de 2014. E mais: Lançada em 1863, a Revista do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano (IAHGP)está recebendo artigos e outras contribuições em fluxo contínuo. [Leia mais]

[3] Fórum:
 Como avaliar o legado de Stuart Hall?

Participe do nosso mais novo fórum, dedicado ao sociólogo jamaicano falecido ontem, Stuart Hall, considerado o "pai" do multiculturalismo. O título do fórum é: Stuart Hall: como avaliar o seu legado sociológico? [Leia mais]

[4] Livro:
 Memórias da Segunda Guerra Mundial

Em “Memórias da Segunda Guerra Mundial” (em dois volumes), Winston Churchill relata, com uma escrita lúcida e incisiva, as raízes e o desenvolvimento da Segunda Grande Guerra do ponto de vista de quem viveu com intensidade os acontecimentos. Considerada uma obra-prima da literatura do século XX, estas Memórias ultrapassam qualquer gênero e constituem um clássico de leitura obrigatória. [Leia mais]

[5] Cine-História:
 Memórias de Salinger

Chega aos cinemas brasileiros o documentário de Shane Salermo, intitulado "Memórias de Salinger". O filme conta com a participação de Phillip Seymour Hoffman, Edward Norton John Cusack e muitos outros. [Leia mais]

[6] Documento: 
Propagandas antigas

Propaganda retirada da revista A Lua, edição nº10, conta um pouco mais sobre o ano de 1910. [Saiba mais]

[7] Conteúdo da Semana:
 Hemeroteca de Lisboa

Hemeroteca de Lisboa digitaliza parte de seu acervo e disponibiliza na internet, gratuitamente, milhares de documentos que ajudam a contar mais de três séculos da história da imprensa em Portugal. [Leia mais]

Visite Cafe Historia em: http://cafehistoria.ning.com/?xg_source=msg_mes_network





1] Notícias:
 Cemitério de escravos no quintal de casa

Em 1996, durante uma reforma, família descobriu ossadas debaixo da casa. A princípio, desconfiou que fossem de cachorros, até encontrarem várias arcadas dentárias humanas. E mais: sítio arqueológico é descoberto atrás da antiga Estação Leopoldina. Relíquias da família imperial estavam no subterrâneo do terreno, numa antiga área de descarte [Leia mais]

[2] Mural:
 Direita e Autoritarismo

Entre os dias 18 a 22 de novembro de 2013, acontecerá nas dependências do Instituto de Ciências Humanas da Universidade Federal de Juiz de Fora, a 30o Semana de História da UFJF: “As Faces de Clio e os Desafios da História”. E confira também: Já se encontra online o novo número da Revista Debater Europa, subordinado ao tema "diálogos europeus", coordenado por Isabel Maria Freitas Valente e Alexandra Aragão. [Leia mais]

[3] Evento:
 Profissão Historiador

Acontece na Fundação Casa de Rui Barbosa, entre os dias 13 e 20 de setembro, um bem-vindo debate aberto sobre a profissão de historiador. [Leia mais]

[4] Nosso Livro:
 O Flautista do Rei

Ex-Ministro do Governo Sarney escreve autobiografia que ajuda a entender uma precisa parte de nossa história [Leia mais]

[5] Cine-História:
 Rush

Fãs de automobilismo (e do bom cinema) podem comemorar, pois acaba de chegar aos cinemas o filme "Rush - No Limite da Emoção" ("Rush", no original, em inglês), drama dirigido por Ron Howard que conta a história da maior rivalidade já vista na Fórmula 1, entre os pilotos Niki Lauda e James Junt. [Leia mais]

[6] Documento: 
Revolução Francesa

Decreto da Assembléia Nacional francesa estabelece os novos departamentos administrativos da França. [Saiba mais]

[7] Conteúdo da Semana:
 Filosofia - Entrevista

Relembre nossa entrevista com o professor Eduardo Jardim (PUC-RJ). O tema? Filosofia [Leia mais]

Visite Cafe Historia em: http://cafehistoria.ning.com/?xg_source=msg_mes_network